07 fev

Estimule a inteligência do seu cão brincando

As brincadeiras além de gastar energia dos peludos, manter a saúde e fortalecer o vínculo do animal com seu tutor, podem ser utilizadas para ensinar comandos e trabalhar a mente evitando problemas de comportamento como ansiedade, depressão, estresse e a obesidade.

O mercado pet oferece várias opções de brinquedos inteligentes interativos desde bolinhas com formato diferente e oca onde podem ser inseridos petiscos e de acordo com o movimento realizado pelo peludo o petisco e liberado, jogos de tabuleiro onde o tutor ensina o cão como deve ser a sequência lógica para que haja recompensa. Outra opção são as brincadeiras caseiras em que se pode esconder petiscos pela casa e deixar que o animal encontre, jogar e pegar ou que o tutor pode arremessar os petiscos para que o animal busque, e até mesmo pega-pega simulando uma "caçada". É desejável que se  alterne os brinquedos durante a semana assim sempre será algo novo.

Adquira brinquedos adequados para o tamanho do seu animal, brinquedos pequenos podem ser engolidos e em alguns casos ficarem presos na garganta. Descarte brinquedos que comecem a quebrar em pedaços, dê preferência a brinquedos de borracha ou consulte seu médico-veterinário para saber se o brinquedo é adequado para seu peludo.

Fonte: Jornal Hora Extra

Foto: IStock

  • Leishmaniose: como evitar?

    09 nov

  • Tire suas dúvidas sobre Leishmaniose no perfil do Byte Amigo Pet no Facebook

    24 out

  • Ourofino realiza palestra sobre Leishmaniose no Facebook

    23 out

  • Ourofino Pet traz nova edição da campanha #LivredaPicada

    18 out

  • Medidas preventivas ajudam a controlar doenças gastrointestinais

    09 out

  • Disque-denúncia contra maus-tratos de pets será lançado em SP

    01 out

  • Ao vivo: saúde dos pets

    17 set

  • Ourofino Pet lança nova edição da Coleções Focinhos

    11 set

  • Carregar mais notícias