Osteoartrite em cães e gatos

13 de Novembro de 2019

Osteoartrite em cães e gatos

Confira mais posts

Por Fernanda Mattos, analista técnica na Ourofino Pet

Longevidade é uma conquista que exige cuidados. Viver mais ao lado dos Pets significa poder multiplicar momentos inesquecíveis que exigem mobilidade e, consequentemente, a saúde das articulações.

As doenças articulares estão entre as causas mais frequentes de alteração do sistema locomotor e representam uma grande porcentagem de casos na rotina dos hospitais veterinários.

Dentre elas, a Osteoartrite, também conhecida como artrose, é uma afecção emergente e de relevância na medicina veterinária e humana.

A Osteoartrite é uma doença complexa, de progressão lenta, caracterizada pela degeneração da cartilagem articular e pela formação de “pontas de osso”, denominadas osteófitos, nas margens da articulação.

Essa doença tem grande importância clinica, pois a perda da função das articulações ocorre como um processo associado ao envelhecimento, acometendo 80% dos cães acima de 8 anos, mas há estatísticas de que 20% dos cães acima de 1 ano apresentam osteoartrite. Como consequente interferência na mobilidade e qualidade de vida dos Pets, a osteoartrite decorre do desequilíbrio no ciclo de síntese e renovação das estruturas articulares, gerando um processo degenerativo progressivo.

Clinicamente, a dor é o sintoma mais proeminente e incapacitante da osteoartrite, sendo relatada como a principal causa de dor crônica em cães.

O gato, por ser leve e ágil, pode facilmente esconder os sinais clínicos da doença, podendo apresentar diminuição de atividade, redução da capacidade de salto e um estilo de vida mais reservado. Já o cão pode apresentar dificuldade para levantar, diminuição na amplitude do movimento, claudicação (o animal manca frequentemente, principalmente após períodos em repouso), atrofia muscular nos membros afetados, lambidas e mordidas em locais específicos (na tentativa de aliviar a dor), apatia, falta de apetite, entre outros.

A elasticidade e a resistência presentes nas articulações saudáveis dependem de um tecido cartilaginoso íntegro e rico em colágeno. O colágeno tipo II é o tipo de colágeno mais importante do tecido cartilaginoso e sua integridade é severamente afetada no processo degenerativo da osteoartrite. Portanto, a administração de Colágeno tipo II nestes casos é extremamente importante, pois promove flexibilidade, mobilidade e suporte para as articulações, o que demonstra grande eficiência na redução da degradação da superfície articular. A diminuição da lesão articular é decorrente de redução da resposta imune secundária ao processo inflamatório que a cartilagem com osteoartrite está sendo submetida.

O objetivo do tratamento é aliviar o desconforto, prevenir ou retardar alterações degenerativas futuras e tentar restaurar a função do membro afetado.

A Ourofino lança o Ativi, suplemento palatável à base de UC-II® associado aos minerais: cobre, manganês, selênio e zinco.

O UCI-II® consiste em colágeno tipo II não desnaturado fabricado por um processo patenteado para a obtenção de um colágeno puro, sem alteração molecular e com atividade biológica inalterada, capaz de dessensibilizar a resposta autoimune que destrói o colágeno articular e é desencadeada pelo quadro inflamatório das osteoartrites.

 Estudos demonstraram que a suplementação de UC-II® apresentou benefícios importantes na redução da dor e desconforto de cães portadores de osteoartrite. Portanto a suplementação com Ativi associa os benefícios de UC-II® aos benefícios antioxidantes e metabólicos dos minerais promovendo o suporte nutricional ao metabolismo fisiológico de construção das estruturas articulares.

Consulte sempre um médico-veterinário que indicará o melhor tratamento para seu animal de estimação. E lembre-se, quanto antes se iniciar o tratamento, melhor!

Tags

Deixe o seu comentário

Recebemos o seu comentário e entraremos em contato em até 3 dias. Conte também com o nosso SAC pelo 0800 941 2000.

Erro ao enviar, confira se todos os formulários estão corretos.

  • Como proteger seu pet e sua família da leishmaniose visceral

    Como proteger seu pet e sua família da leishmaniose visceral

    09 out
    2019

  • A importância do médico-veterinário

    A importância do médico-veterinário

    11 set
    2019

  • Cuidados durante a gestação canina

    Cuidados durante a gestação canina

    21 ago
    2019

  • Doenças transmitidas pelos carrapatos

    Doenças transmitidas pelos carrapatos

    18 jul
    2019

  • Doenças frequentes em animais geriátricos

    Doenças frequentes em animais geriátricos

    24 jun
    2019

  • Osteoartrites em gatos

    Osteoartrites em gatos

    14 mai
    2019

  • Carregar mais posts