Mercado brasileiro de pets apresenta crescimento anual

20 de Julho de 2017
Mercado brasileiro de pets apresenta crescimento anual

Segmento de animais de companhia no País apresentou crescimento composto anual (CAGR) de 20% de 2011 a 2016. Isso se dá por conta da nova classe média que, cada vez mais, aumenta a cultura de adoção e medicalização dos pets. 

De acordo com pesquisa apresentada no evento “Animal Health Innovation”, com debates da indústria de saúde animal latino-americana, o público de maior poder aquisitivo tende a adotar, rapidamente, as novidades de mercado de animais de estimação existentes na Europa e Estados Unidos. 

Em relação ao setor de parasiticidas no Brasil, a pesquisa aponta que o mercado latino-americano é altamente receptivo à inovação. Exemplo disso é o mercado de parasiticidas orais para pets, que, de quase inexistente em 2014, deu um salto significativo em 2015, sem afetar o mercado de tópicos, criando, assim, um novo segmento. 

O presidente do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (Sindan, São Paulo/SP), Elcio Inhe, revela que a área de saúde animal de grandes animais na América Latina corresponde a quase 12% no comércio mundial. Na região, o mercado é crescente e pronto para inovação. “Especificamente nesse setor, biológicos e parasiticidas são os maiores mercados, tratando-se de produto”, completa.

Fonte: Cães&Gatos VET FOOD

Foto: iStock

Acompanhe nosso universo Pet

Outras notícias

Publicações que talvez você goste