18 out

Ourofino Pet traz nova edição da campanha #LivredaPicada

A Ourofino Pet iniciou este mês a campanha #LivredaPicada, realizada pelo terceiro ano nesse período para fomentar, entre tutores e médicos-veterinários, a importância da prevenção e controle da Leishmaniose. 

A ação contempla a distribuição de materiais informativos em clínicas e hospitais veterinários, além da divulgação do site (www.ourofinopet.com/livredapicada), que traz informações sobre a doença e dados sobre seu avanço também nos centros urbanos.

Importante destacar que há dois tipos de leishmaniose: a visceral (LV), conhecida como calazar, e a leishmaniose tegumentar (LT). Consideradas doenças infecciosas, ambas são transmitidas pela picada de insetos vetores, os flebotomíneos, popularmente chamados de “mosquito-palha” ou “cangalhinha”. A LV é caracterizada, principalmente, por febre de longa duração, aumento do fígado e baço, além de perda de peso acentuada, anemia, crescimento exagerado das unhas e feridas que não cicatrizam. Já a LT provoca úlceras na pele e mucosas.

No último levantamento realizado pelo Ministério da Saúde, em dez anos, o número de casos de LV no Brasil reduziu 9%, passando de 3.597 em 2005, para 3.289 em 2015. Com relação à LT, nesse mesmo período houve uma redução de 27%, passando de 26.685 em 2005 para 19.395 em 2015. Apesar da redução, Andrea Savioli, gerente técnica da Ourofino Pet, afirma que é necessário manter o controle da doença.

“Apesar de atingir principalmente os animais, a Leishmaniose também pode ser transmitida para os humanos e sem tratamento o índice de mortalidade pode chegar a 90%. Em alguns casos, pode não apresentar indícios da contaminação”, pontua Andrea.

Tão importante quanto o tratamento, a prevenção deve ser feita de forma sistemática. “O uso de produtos veterinários repelentes é a maneira mais eficiente de controlar a disseminação da doença”, informa Andrea. Uma das opções é a coleira Leevre, ectoparasiticida que provoca a morte do vetor, com eficácia de 95%. O produto também é eficiente para repelir o inseto, nesse caso o índice chega a 90%.

Mais informações e orientações sobre como prevenir e tratar a doença podem ser acessadas pelo site da campanha e também pelas redes sociais da empresa: Instagram, Facebook e Twitter.

  • Leishmaniose: como evitar?

    09 nov

  • Tire suas dúvidas sobre Leishmaniose no perfil do Byte Amigo Pet no Facebook

    24 out

  • Ourofino realiza palestra sobre Leishmaniose no Facebook

    23 out

  • Medidas preventivas ajudam a controlar doenças gastrointestinais

    09 out

  • Disque-denúncia contra maus-tratos de pets será lançado em SP

    01 out

  • Ao vivo: saúde dos pets

    17 set

  • Ourofino Pet lança nova edição da Coleções Focinhos

    11 set

  • Ourofino Pet divulga vencedores da campanha Baseado em Afetos Reais

    24 jul

  • Carregar mais notícias