06 de Outubro de 2014

Gravidez psicológica em pets

Confira mais posts

None

A gravidez psicológica, também chamada de pseudogestação, é bastante comum em cadelas. As gatas são pouco afetadas por este problema, que acontece apenas em 10% delas.  

Na maioria das vezes esse problema aparece em fêmeas não castradas, porém também pode acontecer em fêmeas que forem castradas dentro de um período de três meses após o começo do cio. Geralmente uma fêmea que apresenta esse problema tem grandes chances de passar por essa situação outras vezes.

 Esse quadro ocorre após o cio e é desencadeado por uma disfunção hormonal que engana o organismo fazendo-o acreditar que há uma gestação verdadeira e acarretando alterações tanto na parte comportamental quanto física do animal. Em algumas fêmeas as mudanças são tão sutis que os donos não notam, entretanto há aquelas que apresentam mudanças mais claras tais como inchaço nas mamas, com ou sem a produção de leite, instinto em preparar ninho para o parto e a adoção de objetos (panos, chinelos, brinquedos, bichos de pelúcia) como “filhotes”. Além disso, as fêmeas com este problema podem apresentar mudanças comportamentais como agressão, carência, depressão, irritação, inquietação, agitação e falta de apetite. A progesterona é o principal hormônio relacionado ao desencadeamento de tantas mudanças. Fêmeas recebendo tratamento com hormônios similares a progesterona ou após tratamento com prostaglandinas também podem desenvolver um quadro de falsa gestação.

Ainda que a gravidez psicológica tenha uma explicação médica para sua causa, existem estudiosos que defendem que as alterações comportamentais nos cães é herança de seus ancestrais. Quando ainda não eram domesticados, era comum nas matilhas todas as fêmeas entrarem no cio na mesma época. Desta forma, mesmo aquelas que não ficassem gestantes tinham condições de ajudar as demais nos cuidados com os filhotes, inclusive na amamentação.

A pseudogestação pode predispor ao aparecimento de diversas complicações tais como tumores e inflamações de útero (piometra) e/ou glândulas mamárias (mastite). Assim como em qualquer tratamento de saúde, é sempre importante consultar um médico veterinário se sua cadela ou gata está apresentando uma ou mais alterações. Existem alguns medicamentos que podem ser usados para o tratamento dos sintomas da gravidez psicológica e em casos mais complicados onde já se observa acometimento de mamas e útero, intervenções cirúrgicas podem ser indicadas.
É possível prevenir o aparecimento deste quadro através da castração. Para que esta prevenção seja efetiva, a castração deve ser completa com extração do útero, as trompas e os ovários. A permanência de qualquer resquício destes órgãos pode fazer com que a disfunção hormonal que origina a falsa gravidez não desapareça.

Fique de olho em sua cadelinha ou gatinha e, notando alguma alteração, leve-a ao veterinário. Dessa forma, juntos, vocês encontrarão a melhor solução para garantir o bem estar do animal.

 

Referências:

Tudo sobre a gravidez psicológica em cadelas: Aprenda a identificar os sinais da gravidez psicológica, ou pseudociese, em cadelas e saiba como lidar com a situação. Disponível em: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/gravidez-psicologica-cadelas/.

Gravidez psicológica (Pseudociese): Disponível em: http://www.gatoverde.com.br/caes-gatos/gravidez-psicologic/.

Gravidez psicológica em cadelas (pseudociese). Disponível em: http://www.maedecachorro.com.br/2009/03/gravidez-psicologica-em-cadelas-pseudociese.html.

Gravidez psicológica: entenda por que o distúrbio acontece e como proteger seus bichinhos. Disponível em: http://petmag.com.br/6099/gravidez-psicologica-em-caes-e-gatos/.

Gravidez psicológica em cães e gatos: Disponível em: http://www.rioverdeagora.com.br/noticias/cotidiano/gravidez-psicologica-em-caes-e-gatos.

Tags

Comentários

Dennis

Preciso de contato de representante ou distribuidor em Porto Alegre.
Grato

Prezado Dennis, obrigado pelo interesse.
Orientamos que entre em contato com a distribuidora Importadora Bagé S.A.
Tel: (51) 3222-4577
Rua Almirante Tamandaré, nº 566
Floresta
Porto Alegre/RS

Estamos à disposição.

Deixe o seu comentário

Recebemos o seu comentário e entraremos em contato em até 3 dias. Conte também com o nosso SAC pelo 0800 941 2000.

Erro ao enviar, confira se todos os formulários estão corretos.

  • Doenças de inverno: cuidado com os pets

    25 jun
    2018

  • Cuidados com animais idosos

    18 mai
    2018

  • Infecções de ouvido nos cães

    24 abr
    2018

  • Cuidados com os filhotes: ectoparasitas

    26 mar
    2018

  • Dermatites bacterianas em cães

    16 fev
    2018

  • Anemia em cães

    17 jan
    2018

  • Carregar mais posts