Lhasa apso: excelente companhia e guarda

por Fernanda Sartori Lima de Godoi, consultora de demanda Ourofino Pet

16 de Dezembro de 2021

Lhasa apso: excelente companhia e guarda

Considerada a  5ª raça mais popular entre os queridinhos do Brasil, os cãezinhos Lhasa Apso são amáveis e companheiros sendo uma opção muito boa para todas as famílias.

Eles possuem uma história muito interessante! Vocês sabiam que eles são originários das Ilhas do Tibet e eram considerados sagrados para os monges que vivam lá. Além de serem companheiros, eles protegiam os templos dos intrusos e zelavam pelas propriedades. Por latirem pouco e terem um ouvido apuradíssimo, os budistas sabiam que quando eles davam o alarme, algo de errado estava acontecendo.

Seu nome é em função da Capital do Tibet, Lhasa, e o nome apso pode significar tanto “ovelha” quanto “sentinela de Potala”.

Outra curiosidade é que eles eram considerados amuletos da sorte! Por isso eles não eram vendidos, eram dados de presente! Vender um lhasa era uma ofensa aos tibetanos.

 E mais... ele é um personagem famoso e fofo dos quadrinhos de Maurício de Sousa. Quem aí conhece o Floquinho, o cãozinho verde do Cebolinha? Pois é, ele faz parte das historinhas da Turma da Mônica, cativando os leitores de várias gerações!

Mas o que torna o Lhasa apso uma raça extremamente procurada? Sua personalidade, pois são cães amigáveis, alegres, inteligentes (podendo ser considerados manipuladores), vívidos e sensíveis. São corajosos, leais e muito próximos à família, devido sua tranquilidade, docilidade e calma, se adaptam com facilidade em qualquer local, principalmente em apartamento, com crianças e idosos. Tende a se comportar bem na ausência de seus tutores. Porém, os pouco disciplinados podem apresentar comportamento excessivamente carente ou até mesmo destrutivo.

Seu temperamento é forte e independente, porém equilibrado, destacando-se sua expressividade, obediência e estando sempre alerta. Pode se mostrar indiferente às pessoas estranhas ao seu convívio sem mostrar agressividade. Caso não esteja socializado, poderá demonstrar algum nível de agressividade. O ideal é educá-lo desde filhote, já que alguns cãezinhos podem se mostrar mais dominantes do que outros. Por isso a socialização precoce é muito importante!

Um Lhasa vive em média 18 anos, desta forma, os exercícios físicos são muito importantes durante toda sua vida, apesar de serem bem resistentes aos problemas de saúde. Os principais problemas são as dermatites, alergias e conjuntivite (devido aos pelos que caem sobre os olhos, então a recomendação é prender a franja).

É um cão robusto, com pelagem abundante, pesada, reta e longa. As cores são o dourado, areia, mel, cinza escuro, ardósia, de fumaça, preto, branco, amarronzado ou particolor. De pequeno porte, sua altura é em média de 25 cm, sendo as fêmeas ligeiramente menores que os machos.

 

Comentários


Acompanhe nosso universo Pet

Publicações que talvez você goste