27 de Agosto de 2014

Meu cão chegou à terceira idade, e agora? (Parte 2)

Confira mais posts

None

Assim como nos humanos a chegada da velhice traz algumas mudanças na aparência dos cães. Os pelos próximos do focinho e ao redor dos olhos podem ficar grisalhos, a pelagem se torna mais fina e opaca.

Com o avançar da idade os cães vão perdendo alguns sentidos como o olfato, a audição e a visão, essas deficiências na maioria das vezes resultam em problemas comportamentais como a agressividade e irritabilidade, fazendo com que o cão não mais reconheça pessoas mais próximas. As deficiências nesses sentidos também contribuem para que os cães mais velhos acostumados antes a fazer suas necessidades em determinado local percam esse treinamento.

Com o envelhecimento as células nervosas morrem e não são mais repostas. Em alguns casos determinadas proteínas contribuem para o mau funcionamento dessas células. Essas alterações no sistema nervoso podem ser graves o suficiente para mudar seu comportamento levando a chamada "disfunção cognitiva”. Confusão, desorientação, agitação, perda de adestramento, diminuição no nível de atividade, diminuição de atenção e não reconhecimento de pessoas conhecidas são sintomas dessa disfunção.

Com a chegada da velhice os cães passam a ter aument6o da sensibilidade a variações de temperatura, a capacidade normal de regular a temperatura é diminuída e os animais tornam-se menos adaptados as variações climáticas. É sempre importante monitorar a temperatura ambiente e fazer com que seu velho amigo se sinta confortável, aquecido e protegido em dias mais frios e com calor amenizado em dias quentes.

A soma dos problemas comportamentais e de saúde decorrentes do avançar da idade pode resultar em cães idosos mais propensos ao aumento dos níveis de estresse como consequência disso pode haver aumento da vocalização, ou seja, latidos, uivados e reclamações. É sempre bom tentar analisar esse aumento de vocalização às vezes pode ser decorrente do estresse, para chamar a atenção, mas também pode ser indicativo de alguma causa médica como, por exemplo, um processo doloroso.

Os pets na terceira idade costumam não se adaptar a mudanças de rotina e ambiente, sendo assim é melhor manter sempre o mesmo local onde ele costuma se alimentar, dormir e fazer suas necessidades. Cães mais velhos ficam mais ansiosos na ausência do dono, essa ansiedade surge em decorrência da insegurança causada pelas limitações desta fase de vida. Exercícios físicos são sempre indicados, mas devem ser feitos com moderação.

Assim como em todas as fases de vida de seu melhor amigo as consultas ao médico veterinário devem ser frequentes, no caso de animais idosos saudáveis o ideal são consultas semestrais, para garantir uma velhice tranquila e confortável.

Enfim assim como durante toda a vida a velhice de nossos amigos de quatro patas deve ser encarada sempre com o objetivo de proporcionar qualidade de vida e conforto, além disso, nem é preciso lembrar que nessa fase o animal precisa tanto de atenção e carinho quanto em outras fases.

Espero que tenham gostado desse conteúdo, em seguida abordaremos a velhice dos bichanos. Fiquem ligados!

 

Referências bibliográficas:

Cães idosos: mudanças de comportamento. Disponível em: http://tudosobrecachorros.com.br/2013/12/caes-idosos-mudancas-de-comportamento.html

Cuidados que seu cachorro merece na velhice. Disponível em: http://www.caocidadao.com.br/artigo/cuidados-que-seu-cao-merece-na-velhice/

Envelhecimento normal e as alterações esperadas em cães idosos. Disponível em: http://tudosobrecachorros.com.br/2013/12/envelhecimento-normal-e-alteracoes-esperadas-em-caes-idosos.html

As mudanças de comportamento dos cães idosos. Disponível em: http://webcachorros.com.br/mudancas-de-comportamento-dos-caes-idosos/

Cuidando do seu cachorro na melhor idade: veja dicas para cuidar dos cães idosos. Disponível em: http://www.agendapet.com.br/2014/01/cuidando-do-seu-cachorro-na-melhor-idade-veja-dicas-sobre-como-cuidar-dos-caes-idosos.html

Tags

Comentários

Iris

Olá! gostaria de saber o que faço com minha cadelinha...ela deu cria, mas já dei todos os filhotinhos e ela continua com o peito cheio de leite e vomitando, os cachorrinhos foram dados com mais de um mês de nascido. O que devo fazer?

Olá Iris, obrigado pelo contato.
Sua cachorrinha precisa ser examinada o quanto antes por um médico veterinário para que ele possa avaliar as causas do problema.
Orientamos que procure o quanto antes um profissional.

Att, Ourofino

Deixe o seu comentário

Recebemos o seu comentário e entraremos em contato em até 3 dias. Conte também com o nosso SAC pelo 0800 941 2000.

Erro ao enviar, confira se todos os formulários estão corretos.

  • Leishmaniose: fique atento à prevenção

    23 out
    2018

  • A importância da vacinação para prevenir doenças

    25 set
    2018

  • Atenção: é importante controlar as pulgas nos gatos

    21 ago
    2018

  • Distúrbios comportamentais em pets

    20 jul
    2018

  • Doenças de inverno: cuidado com os pets

    25 jun
    2018

  • Cuidados com animais idosos

    18 mai
    2018

  • Carregar mais posts