Existe risco em administrar remédios sem recomendação veterinária?

Existem alguns momentos difíceis em que temos que ver nossos companheiros de quatro patas doentes e são nesses momentos que muitos tomam uma decisão precipitada: a automedicação. Em vez de levar seu pet para a avaliação de um profissional capacitado, algumas pessoas preferem fazer a medicação sem a prescrição de um médico veterinário e pior ainda é quando essa medicação é a que está em casa, muitas vezes de uso humano.

Utilizar medicamentos sem prescrição pode trazer sérios riscos à saúde animal. Os gatos, por exemplo, são muito sensíveis e existem alguns princípios ativos que são proibidos para essa espécie, como o caso do paracetamol. Quando falamos dos cães, os perigos são reais também. O diclofenaco de sódio, por exemplo, é um da lista de proibidos par cães.

Ao falar de antimicrobianos então a coisa é mais séria. Escutamos falar muito sobre a resistência aos antimicrobianos e isso se dá por esse uso indiscriminado, sem prescrição. Entendemos também que em algumas regiões é difícil encontrar um profissional, porém todo esforço vale a pena para ter seu amigo saudável.

Hoje existem vários produtos da farmacêutica veterinária no país e no mundo, sendo eles os mais indicados para o tratamento animal, mas claro, sempre com indicação de um médico veterinário capacitado que tenha avaliado seu Pet.


Essa informação foi útil para você?        

Ficou com dúvida ou quer mais informações?


Preencha o formulário abaixo para nosso especialista entrar em contato com você.


Cadastre seu e-mail e receba nossa newsletter.