Qual é o tratamento para otohematoma?

O médico veterinário é quem vai decidir a melhor forma de tratamento baseado na causa e no tamanho do otohematoma.

De imediato, o líquido pode ser drenado com uma seringa para diminuir o desconforto e incômodo do animal, mas muitas vezes esse líquido volta a se formar em poucas horas. Assim a indicação de cirurgia é muito comum para resolver definitivamente o problema.

Outra opção é colocar um dreno temporário e fixá-lo a pele. Nesse caso o animal não pode mexer e o uso de colar elizabetano é imprescindível.

 Não raramente depois de curado a orelha pode ficar com fibrose, causando um “enrrugamento” da pele o que seria mais visível nos cães que tem a orelha em pé, como no caso do Pastor Alemão.

 São mais comuns eventos de otohematomas em raças que possuem a orelha grande, a exemplo das Basset, Cocker, Weimaraner e Beagle.


Essa informação foi útil para você?        

Ficou com dúvida ou quer mais informações?


Preencha o formulário abaixo para nosso especialista entrar em contato com você.


Cadastre seu e-mail e receba nossa newsletter.