30 de Março de 2015

A importância de manter seu cão livre de pulgas e carrapatos e protegido da Leishmaniose

Confira mais posts

None

Ter um cão como companhia é muito bom, melhor ainda é poder mantê-lo longe de ectoparasitas tais como as pulgas, os carrapatos e os mosquitos.

Fazer o controle destes parasitas externos nos animais de estimação, além de deixá-los livres do incômodo provocado pela picada, também diminui o risco de contágio de algumas doenças que podem ser transmitidas por estes vetores, tais como verminoses no casos das pulgas e infecções por bactérias ou protozoários no caso dos carrapatos e dos mosquitos.

As pulgas podem transmitir ao cão um verme chamado Dipylidium caninum, além disso a sua saliva possui diversas substâncias que possuem a capacidade de induzir reações de hipersensibilidade em animais predispostos. Os carrapatos por sua vez são importantes transmissores de doenças que afetam as células sanguíneas dos cães, como a Babesiose canina e a Erliquiose canina - popularmente denominadas de “doenças do carrapato”. Já os mosquitos, especialmente os da espécie Lutzomyia longipalpis, popularmente chamados de “mosquito-palha” são transmissores de uma importante doença: a Leishmaniose Visceral Canina.

A Leishmaniose Visceral Canina é uma doença que pode afetar tanto os cães quanto os seres humanos, ela é causada por um protozoário chamado Leishmania infantum chagasi e é transmitida aos mamíferos pela fêmea do “mosquito-palha”. A fêmea deste mosquito pica o animal para se alimentar de seu sangue e durante este processo é capaz de transmitir as formas infectantes do protozoário. A transmissão desta doença depende na maioria das vezes do inseto, por essa razão seu controle é um dos focos principais para sua prevenção.

Atualmente para o controle das infestações nos cães existem disponíveis no mercado veterinário diversos produtos nas mais diversas apresentações comerciais tais como pipetas, sprays, talcos e até mesmo coleiras. Cabe ao médico veterinário estabelecer quais são as melhores medidas de controle levando em conta diversos fatores, como o local onde o animal vive, sua rotina de passeio ou visita a outros lugares bem como de contato com outros animais.  A Ourofino Saúde Animal, empresa brasileira do mercado veterinário, lançou uma nova ferramenta para auxiliar este controle, a coleira ectoparasiticida Leevre.

Leevre é indicada para proteger os cães das picadas do mosquito-palha (Lutzomyia longipalpis) vetor da Leishmaniose e de infestações por carrapatos (Rhipicephalus sanguineus) e pulgas (Ctenocephalides felis felis). Devido à eliminação lenta e gradual de seus princípios ativos (Deltametrina 4% e Propoxur 12%), a coleira atua matando e repelindo o mosquito-palha durante seis meses, além disso, possui ação carrapaticida média de 97% por até seis meses e ação contra pulgas média de 90% por até nove meses.

Vale a pena lembrar que em toda infestação por parasitas externos, sejam eles pulgas, mosquitos ou carrapatos, o controle ambiental é uma importante ferramenta, permitindo assim que os animais fiquem menos expostos ao risco de adquirirem doenças transmitidas pelos vetores invertebrados.

Converse com um médio veterinário sobre este assunto. Vale muito a pena.

Tags

Comentários

Fernanda Agda

Boa noite,

Gostaria de saber se o mau cheiro diminui , está terrível.

Oi, Fernanda. Obrigado por nos procurar.
Para conversarmos melhor, por favor entre em contato com a gente gratuitamente pelo 0800 941 2000.

Rosane Selle

Oi, adquiri a coleira e me decepcionei, disseram q nao tinha cheiro mas é bem forte, meu pet dorme no meu quarto e nao estou aguentando, tenho duvidas sobre.

Olá, Rosane. Obrigado por entrar em contato com a gente. Nos preocupamos muito com a satisfação dos nossos clientes. Dúvidas técnicas e orientação sobre produtos são respondidas pelo nosso SAC, que está à disposição para auxiliá-la da melhor maneira. Pedimos gentilmente que entre em contato pelo 0800 941 2000 (ligação gratuita). Nossos horários de atendimento são de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h30 às 17h30.

Ricardo

Bom dia. Gostaria de saber, se meu cão utilizar essa coleira, se poderá continuar dormindo comigo, se posso ficar com ele no colo, abraçar. Se minha sobrinha pode ter contato normal com ele, pois li que é veneno né?

Oi, Ricardo. Obrigado por acompanhar o nosso blog.
Nossa equipe técnica entrará em contato com você para tirar as suas dúvidas.
Também estamos à disposição pelo 0800 941 2000.
Nossos horários de atendimento são de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h30 às 17h30.

Túlio Renato Lopes Madureira

Gostaria de saber quantos dias a coleira leva pra proteger o cachorro .

Atendimento realizado via SAC. Agradecemos pelo contato.

Ana Cristina Moreira Dias Coelho

Olá! Comprei a coleira Leevre e gostaria de saber quanto tempo ela demora para agir e eliminar os carrapatos! Tem mais de 24h que minhas cachorras estão com elas e ainda encontro alguns, bem ativos! Desde já agradecida!

Olá Ana, obrigado pelo seu contato.
Esperamos que o contato do nosso SAC tenha sanado suas dúvidas. Ficamos à disposição.

Lilian Araujo

Quantos custa a coleira? como faço para comprar?

Prezada Lilian,

É com grande satisfação que recebemos seu contato.

Nossa política comercial é realizada através de distribuidoras. Para informações de preços e sobre locais de aquisição de nossos produtos da linha Pet, direcionamos sua solicitação para nossa equipe comercial responsável. Em breve entraremos em contato.

Estamos à disposição para mais informações.

Daniela

Olá, adquiri a coleira Leevre e gostaria de saber quanto tempo ela demora para espalhar no corpo do animal pois já faz 8 dias que meu cão esta com ela e encontrei um carrapato...

Prezada Daniela, obrigado pelo seu contato.
Vamos pedir ao nosso SAC para que entrem em contato para orientá-la. Por gentileza, informe seu e-mail ou se preferir envie seu contato diretamente para sac@ourofino.com.
Obrigado.

carlos

Meu cachorro esta com uma bola em cima da penis dele ela fica inchada passei uma pomata melhou por fora mas ainda continua o que faço

Olá Carlos, como vai?
Em primeiro lugar orientamos que você procure um veterinário que possa examinar o animal e indicar o correto tratamento.
A medicação sem orientação profissional pode mascarar os sintomas.

Atenciosamente, Ourofino

Deixe o seu comentário

Recebemos o seu comentário e entraremos em contato em até 3 dias. Conte também com o nosso SAC pelo 0800 941 2000.

Erro ao enviar, confira se todos os formulários estão corretos.

  • Atenção: é importante controlar as pulgas nos gatos

    21 ago
    2018

  • Distúrbios comportamentais em pets

    20 jul
    2018

  • Doenças de inverno: cuidado com os pets

    25 jun
    2018

  • Cuidados com animais idosos

    18 mai
    2018

  • Infecções de ouvido nos cães

    24 abr
    2018

  • Cuidados com os filhotes: ectoparasitas

    26 mar
    2018

  • Carregar mais posts