Cães braquicefálicos. Você sabe o que é isso?


Você sabia que o pug, o buldogue, o pequinês, o shitzu e o lhasa apso são cãezinhos braquicefálicos? Os cães braquicefálicos são aqueles conhecidos por apresentarem uma cabeça de formato “achatado” e o focinho de tamanho “encurtado”.

As raças foram desenvolvidas para terem mandíbulas inferiores proporcionalmente normais e mandíbulas superiores compactas. Essas características anatômicas, porém, os predispõem a uma série de doenças.

Se você é dono de um desses bichinhos, é muito importante conhecer os cuidados necessários para garantir que seu animal de estimação tenha uma vida saudável e tranquila!

Como os cães não suam, as trocas de calor são realizadas apenas pelo focinho e pela boca. Porém esses cães com o focinho achatado não conseguem aspirar o ar como os outros cães e no calor excessivo eles podem ter uma hipertermia, que é quando a temperatura do animal fica muito acima da temperatura normal. Por isso, antes de ter um cão de raça braquicefálica é muito importante se conscientizar de que eles irão necessitar de um ambiente mais fresco para se acomodar.

Para passear com um cãozinho braquicefálico é necessário fazer caminhadas curtas e em horários mais frescos do dia, pois eles também podem passar mal devido ao esforço.

As carinhas “amassadas” das raças braquicefálicas são irresistíveis, mas é muito importante ficar atento as suas necessidades especiais!

  • Sabia que distúrbios psicológicos podem causar diarreia nos pets?

  • Atenção às verminoses

  • Infecções virais: é preciso atenção

  • Conheça os sintomas da leishmaniose visceral

  • Desafios da Leishmaniose Visceral

  • Atenção à Leishmaniose

  • Carregar mais dicas