Importância da limpeza dos ouvidos dos pets


Manter limpos os ouvidos dos cães e gatos, além de contribuir para a saúde e bem-estar, é uma declaração de carinho a eles. Fazer isso rotineiramente previne inflamações, alergias e infecções que podem causar dor e até levar à perda da audição. Ao remover o excesso de cera e as células mortas em tratamento de otite, por exemplo, a limpeza permite que a medicação tópica alcance toda a área a ser tratada, tornando a ação mais eficaz.

Normalmente, a limpeza dos ouvidos deve ocorrer pelo menos a cada 15 dias. No caso de otites, ela deve ser feita de duas a três vezes ao dia, sempre antes de aplicar a medicação tópica ou a critério do médico-veterinário. A Ourofino conta em sua linha para animais de companhia com o Limp Hidrat, uma solução de limpeza otológica formulada com extratos vegetais que proporcionam uma limpeza suave e eficiente, promove hidratação da pele do ouvido e tem agradável cheirinho de lavanda.

Para limpar os ouvidos dos cães e gatos deve-se aplicar o produto na quantidade adequada para a limpeza, de acordo com o porte do animal, de forma a atingir toda a pele visível do ouvido externo. A limpeza inadequada ou agressiva, seja por procedimentos ou produtos inapropriados, pode criar ou piorar quadros de inflamações e infecções. Por isso é fundamental a utilização de produtos recomendados por seu médico-veterinário de confiança.

  • Sabia que distúrbios psicológicos podem causar diarreia nos pets?

  • Atenção às verminoses

  • Infecções virais: é preciso atenção

  • Conheça os sintomas da leishmaniose visceral

  • Desafios da Leishmaniose Visceral

  • Atenção à Leishmaniose

  • Carregar mais dicas