Os primeiros dias dos filhotes em casa


Ter um filhote em casa é realmente uma das maiores alegrias da vida! Devemos sempre ter em mente que a aquisição ou adoção de um novo pet implica em responsabilidades em longo prazo. Antes de o filhote chegar a seu novo lar tudo já deve estar preparado. Organize um espaço confortável, seguro e protegido da luz solar direta e da chuva. Não se esqueça de comprar uma tigelinha para por água e outra para a ração. Ah! Também é importante um lugar para ele fazer as necessidades.

O ideal é levar o filhote para casa no período da manhã e de preferência aos finais de semana, dessa forma ele terá tempo e companhia durante sua adaptação. Os primeiros dias são de descobertas, por isso é preciso ter muita paciência. Essa fase pode ser estressante para o filhote e isto pode acarretar alguns problemas como diarreia. Para evitar que isto aconteça, mantenha a alimentação que ele estava habituado a receber pelo menos nos primeiros quinze dias. Pode parecer irresistível, mas evite também ficar com ele no colo por períodos prolongados. Aproveite o tempo brincando com seu pet para que ele possa se exercitar, sem esquecer, é claro, de respeitar os momentos de descanso.

Os cuidados básicos de saúde são extremamente importantes nesta fase, por isso, leve seu pet ao médico-veterinário logo nos primeiros dias. Durante a consulta você será orientado quanto ao esquema de vacinação, vermifugação e controle de ectoparasitas (pulgas, carrapatos e mosquitos, etc). Os cuidados com higiene devem ser instituídos aos poucos para que seu pet acostume com eles. Alguns cuidados básicos são: limpeza dos olhos e ouvidos, escovação dos pelos, corte das unhas e banhos.

Os filhotes podem choramingar nos primeiros dias em seu novo lar, para amenizar isso você pode deixar uma peça de roupa ou um objeto que esteja com seu cheiro. Se quiser deixe um rádio em volume baixo com músicas clássicas, isso ajuda a acalmar seu pet. Nos primeiros meses os filhotes são curiosos e podem destruir objetos seus e de sua casa, por isso dê a ele brinquedos e petiscos apropriados para esta fase. Se tudo for feito de maneira correta e o pet for recebido com muito amor e carinho certamente será seu melhor amigo por muito tempo!

  • Doenças de inverno: Rinotraqueíte

  • Pets idosos exigem atenção redobrada

  • Cuidados com a higiene de pets idosos

  • Alimentação de pets idosos

  • Dermatites parasitárias em cães

  • Dermatites infecciosas em cães

  • Carregar mais dicas