Pets doentes: fique atento à suplementação!


Animais de companhia que apresentam hemoparasitoses (enfermidades transmitidas pelos ectoparasitas como a erliquiose canina, popularmente conhecida como doença do carrapato), verminoses e situações que provocam hemorragia e levam o pet a um quadro de anemia, também devem receber suplementos vitamínicos minerais a base de ferro, cobre, cobalto, zinco e vitaminas do complexo B (principalmente ácido fólico e cianocobalamina) indicados para a recuperação de animais anêmicos.

O uso de probióticos com microrganismos benéficos vivos, tais como Lactobacillus, Bifidobacterium e Enterococcus, também são recomendados, pois atuam na competição com bactérias prejudiciais ao organismo animal, impedem a aderência destas bactérias ao epitélio intestinal e auxiliam no suporte a diversas patologias gastrointestinais e na modulação da resposta imunológica dos animais de companhia.

  • Leishmaniose: saiba como é a transmissão da doença

  • Como combater a propagação do mosquito-palha?

  • Gatos também podem ter leishmaniose?

  • Pequeno, mas causa problemas gigantes

  • Fique atento aos sinais clínicos!

  • Obesidade em pets

  • Carregar mais dicas