Saiba como identificar se o seu cão é hiperativo


Se você tem um cãozinho hiperativo, já deve saber que tentar acalmá-lo é uma tarefa bastante difícil. Os cães podem desenvolver hiperatividade ao longo da vida ou herdar essa característica dos pais e avós. Dentre as raças mais hiperativas estão os Beagles, Labradores, Goldens, Spitzies, Pastores de Shetland"s. Algumas raças que foram criadas originalmente para o trabalho no campo, como o Border Collie e o Australian Cattle Dog, também são exemplos de cães hiperativos.

Além da ansiedade, os cães hiperativos apresentam alguns comportamentos bem característicos como agitações durante o passeio, pulam para cumprimentar as pessoas, latem para outros animais, estão sempre correndo para todo lado em busca de atenção e querem brincar a todo o momento.
A hiperatividade quando não trabalhada adequadamente pode levar a problemas comportamentais como latido em excesso, lambedura excessiva, girar em círculos, comportamento destrutivo, vocalização para chamar a atenção do seu dono e os cães podem até apresentar comportamento mais agressivo. Estes problemas comportamentais merecem muita atenção, pois podem afetar a saúde do pet e até mesmo o convívio com o dono.

É importante ressaltar que nem todo cão agitado é hiperativo e que existem várias formas de controlar a hiperatividade nos cães, sendo nestes casos os passeios diários imprescindíveis, pois ajudam a manter os níveis de energia mais baixos.

  • Erliquiose canina: a doença do verão

  • Pets doentes: fique atento à suplementação!

  • Importância da suplementação em pets idosos

  • Adoção de pets exige cuidado e atenção

  • Sabia que distúrbios psicológicos podem causar diarreia nos pets?

  • Atenção às verminoses

  • Carregar mais dicas