Cicatrização de feridas em cães e gatos

18 de Maio de 2017

Cicatrização de feridas em cães e gatos

Confira mais posts

Por Fernanda Costa Sousa Zinsly de Mattos, analista técnica na Ourofino Pet

Na rotina clínica veterinária sabemos que existe uma alta incidência de atendimentos a animais acometidos por lesões, feridas de diferentes tipos e origem como as  acidentais (mordeduras por brigas, feridas por atropelamento, queimaduras) e  os casos de feridas cirúrgicas, que muitas vezes são incisões extensas com grande perda de pele.

A cicatrização de feridas é um processo complexo que envolve a estruturação e crescimento de um novo tecido e depende de vários fatores, locais e gerais, como localização anatômica, tipo da pele, raça, idade, hiperatividade do paciente e o próprio tratamento das feridas. Portanto, para que tudo ocorra bem, cães e gatos requerem cuidados especiais na hora de cuidar dos ferimentos, como manter o local limpo para que não ocorra contaminação da ferida, lavar bem as mãos antes de manusear a ferida, limpar e proteger a área onde ocorreu a lesão e é muito importante o uso de colar protetor para o animal não lamber a área machucada, pois isso atrasa o processo de cura.

Para uma cicatrização rápida e de melhor qualidade para cães e gatos, a Ourofino conta em sua linha de produtos para pets com o Regepil, de uso tópico e formulação exclusiva com potente ação cicatrizante. Lembrando que é indispensável uma consulta com o médico-veterinário para uma avaliação detalhada para que o profissional estabeleça o melhor protocolo de tratamento.

 

Foto: Istock

Tags

Comentários

Iris

Olá apareceu uma feridinha no meu cachorro, estou lavando com água corrente, sabão neutro, e coloco água oxigenada vol 10, deixo secar e coloco a pomada cicatrizante chamada Alantol.
Esse procedimento está certo?

Oi, Iris! Recomendo que você leve seu amigo ao médico-veterinário para que ele faça os exames clínicos e descubra a causa dessa feridinha para assim indicar o tratamento correto. Dependendo do tipo de ferida, é preciso administrar antibióticos adequados, shampoos bactericidas e descobrir as causas de base. Junto ao profissional que acompanha seu pet, avalie a possibilidade de usar esses dois produtos indicados para afecções cutâneas e cicatrização de feridas: o Dermotrat, agente antibacteriano, antifúngico e anti-inflamatório de uso tópico para afecções cutâneas que acometem cães e gatos. Existe a apresentação em creme e também aerosol. Também tenho o Regepil, cicatrizante de uso tópico, composto pela associação entre Tartarato de Ketanserina e Asiaticosídeo, indicado na estimulação da cicatrização de feridas em cães e gatos. Lembre-se que apenas o médico-veterinário saberá avaliar a extensão e gravidade das feridas e poderá indicar o tratamento correto.

Elvira Aparecida Fiamoncini

Olá eu tenho uma gata que foi picada por uma arranha e deu necrose, levei no veterinário ele fez duas cirurgias para retirar a parte da necrose usei regepil e vetaglos por vários meses já vai fazer um ano que ela está usando esses médicos, mas agora ficou uma pequena parte que não quer mais cicatrizar não sei o que vou fazer porque o veterinário disse que ele não sabe o que fazer para cicatrizar o ferida, eu gostaria de saber se vocês podem me ajudar. ....?

Oi, Elvira! A cicatrização consiste na reconstituição tecidual e é comum em todas as feridas, independe do agente que causou a lesão. Esse processo é dividido em três fases: inflamatória, proliferação ou granulação, e remodelamento ou maturação, sendo que pode ocorrer de forma mais rápida ou lenta, dependendo de cada organismo. Cuidados como manter o local limpo, lavar as mãos antes de cuidar da ferida, tentar não deixar o gato lamber o ferimento e proteger a lesão são muito importantes. Você pode continuar com o uso do Regepil, por até três vezes ao dia, até a completa cicatrização. Lembre-se de que é importante a avaliação de um profissional.

Catharina

Olá, eu cuido de um gato de rua e agora ele está com uma ferida grande e aberta. Dá pra ver a carne vermelha e rosa, mas em volta está ficando branca a pele. Isso é bom ou ruim?? O que devo fazer?

Oi, Catharina! A cicatrização de feridas consiste na reconstituição tecidual e é comum em todas as feridas, independe do agente que causou a lesão. Este processo é dividido em três fases: inflamatória, proliferação ou granulação, e remodelamento ou maturação. O colágeno, parte esbranquiçada, é a proteína mais abundante no corpo do animal de companhia e também o principal componente da matriz extracelular dos tecidos, ele se estrutura numa rede densa e dinâmica resultante da sua constante deposição e reabsorção. Para a cicatrização da ferida do pet, você pode usar o Regepil diariamente, por até 3 vezes ao dia. Confira mais informações no link: link.ourofino.com/fbe08.
Lembre-se de consultar o médico-veterinário para que ele examine o animal de companhia pessoalmente e indique o melhor tratamento para o caso.

Ana Marim barbosa

Boa tarde! Uma linha feriu a unha do meu gato, levei o veterinário fiz todo o procedimento e não fecha o ferimento. Me ajuda por favor. Obs: Estou usando o colar direto. Mesmo assim o raspa na ferida.

Oi, Ana! A Ourofino conta com o Regepil, cicatrizante de uso tópico indicado para estimular o processo de fechamento de feridas nos pets. Ele deve ser aplicado, até 3 vezes ao dia, na região a ser cicatrizada, em quantidade suficiente para que toda a ferida e borda recebam o produto. Saiba mais em: link.ourofino.com/95f28

É importante que você consulte um médico-veterinário para que ele examine seu aumigo presencialmente e indique o tratamento correto.

Natália Alencar

Olá, minha cachorra sofreu queimadura de óleo quente de segundo grau profunda há 1 mês, mas ela ainda apresenta feridas abertas e com sangramento. Esse produto é recomendado para esse tipo de tratamento? Existem testes feitos para casos como esse?
Agradeço desde já!

Olá, Natália. O Regepil é indicado para uso após o sangramento ter terminado. Para saber mais sobre o produto, confira em https://www.ourofinopet.com/produtos/dermatologicos/regepil/. E não deixe de contar com o auxílio de um médico-veterinário para o diagnóstico preciso e a recomendação de todos os cuidados que a sua cachorrinha precisa.

Deixe o seu comentário

Recebemos o seu comentário e entraremos em contato em até 3 dias. Conte também com o nosso SAC pelo 0800 941 2000.

Erro ao enviar, confira se todos os formulários estão corretos.

  • Vermes: inimigos do verão

    Vermes: inimigos do verão

    07 mar
    2019

  • Suplementação: aliada da saúde dos pets

    Suplementação: aliada da saúde dos pets

    30 jan
    2019

  • Fique atento aos cuidados para adotar um pet

    Fique atento aos cuidados para adotar um pet

    02 jan
    2019

  • Giárdia: saiba mais sobre a doença

    Giárdia: saiba mais sobre a doença

    23 nov
    2018

  • Leishmaniose: fique atento à prevenção

    Leishmaniose: fique atento à prevenção

    23 out
    2018

  • A importância da vacinação para prevenir doenças

    A importância da vacinação para prevenir doenças

    25 set
    2018

  • Carregar mais posts